14/11/2019 às 00h05min - Atualizada em 14/11/2019 às 00h05min

Santa Catarina é o estado com menos pobreza no Brasil

Dados são da Síntese de Indicadores Sociais (SIS), do IBGE. 25,3% dos brasileiros estão na faixa de pobreza, segundo órgão.

Santa Catarina é o estado brasileiro com a menor quantidade de pessoas abaixo da linha de pobreza e com o menor número de pessoas na categoria de extrema pobreza.

8,5% dos catarinenses tem renda mensal per capita abaixo da linha de pobreza, de R$ 420, enquanto 1,5% tem renda abaixo de R$ 145, na zona da extrema pobreza.

Os dados são da Síntese de Indicadores Sociais (SIS), do IBGE. O gerente do estudo, André Simões, ressalta que são necessárias políticas públicas para combater a extrema pobreza, pois ela atinge um grupo mais vulnerável e com menos condições de ingressar no mercado de trabalho.

Em 2018, o país tinha 13,5 milhões pessoas com renda mensal per capita inferior a R$ 145, ou U$S 1,9 por dia, critério adotado pelo Banco Mundial para identificar a condição de extrema pobreza.

Esse número é equivalente à população de Bolívia, Bélgica, Cuba, Grécia e Portugal. Embora o percentual tenha ficado estável em relação a 2017, subiu de 5,8%, em 2012, para 6,5% em 2018, um recorde em sete anos.

A Síntese de Indicadores Sociais também apontou que, embora um milhão de pessoas tenham deixado a linha de pobreza – rendimento diário inferior a US$ 5,5, medida adotada pelo Banco Mundial para identificar a pobreza em países em desenvolvimento como Brasil – um quarto da população brasileira, ou 52,5 milhões de pessoas, ainda vivia com menos de R$ 420 per capita por mês.

O índice caiu de 26,5%, em 2017, para 25,3% em 2018, porém, o percentual está longe do alcançado em 2014, o melhor ano da série, que registrou 22,8%.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp